Localização

Principais Acessos Rodoviários para Gramado:

A partir de Porto Alegre/Fronteira Sul——————————————————————————–

Existem quatro acessos importantes para turistas oriundos de Porto Alegre ou da Fronteira Sul do Estado.

  1. Via Taquara – Porto Alegre/Gravataí/Taquara O turista através da Free-Way (BR-101), no município de Gravataí (Distrito Industrial), pega a RS-020, que liga Porto Alegre a Taquara. A partir de Taquara pode-se ir direto a São Francisco de Paula e demais cidades dos Campos de Cima da Serra, pela RS-020 que apresenta condições de tráfego ruins devido ao traçado sinuoso e um pouco perigoso pela falta de acostamento. A RS-020 continua após São Francisco de Paula até a cidade de Tainhas, onde encontra a RS-453, a Rota do Sol.Caso o destino seja Gramado/Canela, a partir de Taquara deve-se pegar a RS-115 que passa pelas cidades de Igrejinha, pólo coureiro-calçadista, e Três Coroas, sede do principal templo Budista do América Latina e de um importante parque esportivo onde ocorrem importantes provas das competições de canoagem e rafting. A RS-115 é uma estrada modelo, com uma condição de tráfego excelente, que apresenta um trecho curto de serra entre Três Coroas e Gramado, onde deve-se diminuir a velocidade e aumentar o cuidado.
  2. Via Novo Hamburgo – Porto Alegre/Novo Hamburgo/CampoBom/Taquara/GramadoÉ a principal rota e a mais utilizada para o turista que faz o trajeto Porto Alegre/Gramado. Trafegando o tempo todo em pistas duplicadas o turista faz uma viagem segura e rápida de Porto Alegre a Novo Hamburgo.O cuidado deve ser redobrado em função de ser uma estrada de tráfego intenso com motoristas abusando da velocidade. Em Novo Hamburgo quando acaba a pista dupla da BR-116, toma-se a RS-239, que está sendo finalizada sua duplicação, para chegar-se a Taquara, de onde parte-se para Gramado (RS-115) ou São Francisco de Paula (RS-020). Atentar para os pardais que existem na RS-239, próximos a Faculdade FEVALE e no trecho urbano de Sapiranga.
  3. Via BR-116A BR-116 corta a Serra Gaúcha em sua maior e principal extensão. Passando por cidades pequenas, mas simpáticas, o motorista vai avançando a cada Km, um pouco da história da imigração alemã e italiana no Rio Grande do Sul. Duplicada no trecho Porto Alegre/Novo Hamburgo, ela é muito perigosa e sinuosa a partir de Novo Hamburgo até a cidade de São Marcos. Apesar da falta de acostamento e das curvas perigosas, esta rodovia apresenta boas condições de tráfego entre Novo Hamburgo e Caxias do Sul, aonde o movimento não chega a ser intenso. É uma importante opção de acesso à Região das Hortênsias, via Nova Petrópolis. O trecho entre São Marcos e a divisa com Santa Catarina (Rio Pelotas), passando por Vacaria é marcado por extensas retas e colinas que formam um belíssimo visual. Deve-se ter muito cuidado neste trecho, pois a partir de Caxias do Sul a BR-116 apresenta um tráfego muito intenso de caminhões em ambos os sentidos.
  4. Via São Vendelino Esta é a principal ligação entre Porto Alegre e Caxias do Sul. Embora apresente um trajeto maior, é mais rápido em função de não apresentar um traçado tão sinuoso quanto o da BR-116 e ter menos subidos e descidas de serras. A partir da BR-116, em Novo Hamburgo, deve-se tomar a RS-240 na Vila Sharlau. Esta estrada a partir de São Vendelino, leva a RS-122 que tem destino Farroupilha e Caxias do Sul, e a BR-470, se o destino for Garibaldi, Carlos Barbosa ou Bento Gonçalves.

Voltar ao topo


A partir da Fronteira do Rio Grande do Sul——————————————————————————–

  1. Via BR-386A BR-386 deve ser considerado o ponto de partida para quem vem da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul. É em Estrela, cidade vizinha de Lajeado, que através da RS-453 chega-se a Garibaldi e Caxias do Sul, de onde parte-se para Carlos Barbosa e Bento Gonçalves pela BR-470.

Voltar ao topo


A partir do Meio-Oeste de Santa Catarina e Noroeste do Rio Grande do Sul——————————————————————————–

Existem três opções importantes para quem vem a Serra Gaúcha a partir destas regiões.

  1. Via BR-386O caminho é longo até Lajeado, mas é seguro e fácil. A partir daí é só seguir as mesmas instruções descritas acima para quem vem da Fronteira Oeste.
  2. Via BR-285Usando-se Passo Fundo como ponto de partida, basta pegar a BR-285 até a cidade de Vacaria, de onde chega-se a Caxias do Sul pela BR-116.
    Via RS-324 Novamente partindo de Passo Fundo, pela RS-324 chega-se a cidade de Nova Prata, aonde através da BR-470 chega-se a Bento Gonçalves e Carlos Barbosa.

Voltar ao topo


A partir do Centro-Leste de Santa Catarina e Nordeste do Rio Grande do Sul——————————————————————————–

Existem duas opções importantes para quem vem a Serra Gaúcha a partir destas regiões.

  1. Via BR-116O caminho é único para quem vem de Lages ou do centro do país via BR-116, a partir da divisa dos dois estados (Rio Pelotas), até Novo Hamburgo, irá se percorrer o principal acesso a todas as cidades da Serra Gaúcha, entrando por Vacaria, passando por São Marcos, Caxias do Sul (ponto de partida para Bento Gonçalves, Garibaldi, Farroupilha) e Nova Petrópolis (entrada da Região das Hortênsias, Gramado e Canela).
  2. Via BR-101/Gravataí/Porto AlegrePara quem vem do nordeste do estado ou de outros estados pela BR-101 o caminho é longo. Pode-se ir a Porto Alegre e escolher qualquer uma das opções para ir a Serra Gaúcha, ou, se preferir, quando chegar a Gravataí, pegar a RS-119, que vai até a BR-116 (em Sapucaia do Sul próximo a Novo Hamburgo), cruzando pela RS-020 (Porto Alegre/Gravataí/Taquara).

Voltar ao topo


Rotas Alternativas da BR-101——————————————————————————–

Existem três rotas alternativas para chegar a Serra Gaúcha e, principalmente a Região das Hortênsias. Estas rotas são de cenários belíssimos, porém de difícil acesso, sendo quase que intrafegáveis em dias de chuva. Mas se o espírito aventureiro falar mais forte, a viajem será inesquecível.

  1. BR-101/Serra do FaxinalTalvez um dos mais belos roteiros da Serra Gaúcha, esta Serra liga através de uma estrada precária, a cidade gaúcha de Cambara do Sul a BR-101 já no estado de Santa Catarina próximo à divisa com o Rio Grande do Sul na cidade litorânea de Torres. A SC-450 cruza o Parque Nacional dos Aparados da Serra, conhecido como Itaimbézinho. O visual é incrível e inesquecível. Prepare máquina fotográfica, filmadora e divirta-se. Chegando a Cambará do Sul, toma-se a RS-020, com destino a São Francisco de Paula, ou, se preferir, no meio do caminho, na cidade de Tainhas, através da RS-453, pega-se a Rota do Sol para Caxias do Sul.

  2. BR-101/Rota do Sol
    Terra de Areia é o ponto de partida da Rota do Sol. Passando pela Serra do Pinto, é uma estrada em construção com uma série de túneis e viadutos. A Rota do Sol, ou RS-453, liga Terra de Areia a cidade de Tainhas, onde fica a Estação Ecológica de Aratinga. A partir de Tainhas pode-se ir direto a Caxias do Sul pela própria RS-453, ou tomar a RS-020 até São Francisco de Paula.
  3. BR-101/Serra do UmbuUma opção interessante para quem vem de Tramandaí, Osório ou Capão da Canoa. Com entrada na cidade de Maquiné, a Serra do Umbu apresenta um visual fantástico cortando um pedaço da Mata Atlântica.O destino é São Francisco de Paula, e a viajem exige cautela na estrada de chão batido com uma subida íngreme de curvas perigosas.

 

 

 

Facebook: https://www.facebook.com/pages/Hotel-Pousada-Sossego-do-Major/210591365748811?fref=tsfacebook-logo


A Pousada Sossego do Major - Gramado, possui:

  • suítes adaptadas para deficientes físicos
  • calefação - ar condicionado
  • TV com controle remoto
  • minibar
  • colchão box-spring
  • café da manhã
  • telefone
  • vista do Vale do Quilombo.
  • sauna à vapor
  • sala com lareiras
  • sala de jogos
  • piscina aquecida
  • banheira spa
  • lago com pescaria
  • academia de ginástica ao ar livre
  • quadra de tênis
  • playground
  • computador e internet
  • Wi-fi
  • Suíte acomodam até 4 pessoas

O Hotel - Pousada em Gramado Conta ainda com estacionamento exclusivo para hóspedes e também para ônibus, além de alojamento para motorista de excursão.